.mais sobre mim

.Relógio

.posts recentes

. Nós estivemos lá...

. Mini – Autocarros e as su...

. Manhãs desportivas em Vis...

. Falta de centros de acolh...

. Viseu Gourmet vai pôr cri...

. Gás natural é mais caro

. Minus 5 no Palácio do Gel...

. Escola Móvel de Trânsito

. 24ª Semana Académica

. A área de intervenção do ...

. Centro Histórico reabilit...

. Hospital e Selecção defin...

. Entraves a uma boa mobili...

. Resultados do questionári...

. A abertura do Palácio do ...

. Viseu...cidade das rotund...

. A necessidade de tornar V...

. Avaliação do 2º Período

. Viseu no melhor e no pior

. A mobilidade

.arquivos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

Contador de acessos
Contador de acessos
Sexta-feira, 30 de Maio de 2008

Nós estivemos lá...

Os futebolistas Luís Figo e Fernando Couto, que foram recentemente nomeados embaixadores da selecção portuguesa,  encontraram-se ontem em Viseu, para receberem o "emblema de ouro" da Federação Portuguesa de Futebol. A selecção nacional de futebol recebeu a visita dos novos embaixadores Luís Figo e Fernando Couto, assim distinguidos por terem ultrapassado ambos mais de 100 internacionalizações. O encontro das "antigas estrelas" da selecção portuguesa aconteceu ás 11:00h no Teatro Viriato, do dia de ontem, durante uma sessão solene da Câmara Municipal de Viseu. Nesta sessão esteve presente toda a equipa e um enorme público na rua que vibrou com a passagem das estrelas. Também Cristiano Ronaldo foi galardoado com um prémio, neste caso "o Melhor Atleta Português no Estrangeiro".

publicado por viseu_futurista às 17:54
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 29 de Maio de 2008

Mini – Autocarros e as suas vantagens

 

Mais económicos, não poluentes, cómodos, pequenos, versáteis... Dizem-nos que são os transportes do futuro, embora ainda andem a um ritmo de antigamente e necessitem que os liguem à corrente, de quatro em quatro horas, com capacidade para 22 passageiros, os autocarros têm uma média de ocupação de oito passageiros por viagem. Grande parte das pessoas que estavam a utilizar o designado “Gulliver” (que é o nome dado a estes autocarros) vinha do centro da cidade para o Hospital. Os autocarros passam de 15 em 15 minutos no mesmo circuito. O autocarro faz o circuito em meia hora. Existindo dois em circulação, deverão passar de 15 em 15 minutos, no mesmo ponto, das oito da manhã às oito da noite, exceptuando em caso de avaria de mais do que um dos três veículos disponíveis para fazer a linha.
Esta assiduidade, bem como o facto de passar nos principais pontos urbanos do centro da cidade, junto dos serviços públicos, explica o sucesso deste transporte, que pára em todos os locais em que é solicitado, dentro da sua linha. “Isto explica-se porque tem linha azul, os passageiros saem e entram quando querem.
É um circuito que apanha muitos serviços públicos, as escolas, o centro de saúde, a parte central da cidade. O desenho da linha é interessante para as pessoas. O tempo que demora a dar a volta também é curto.
 
publicado por viseu_futurista às 13:12
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 16 de Maio de 2008

Manhãs desportivas em Viseu

A crescente preocupação com a saúde dos portugueses tem elevado o número de iniciativas e eventos direccionados para a promoção de hábitos de vida saudáveis e para a consciencialização dos factores de risco das doenças cardiovasculares, a principal causa de morte em Portugal, nomeadamente, a nutrição, sedentarismo, tabagismo, obesidade, stress e hipertensão arterial, entre outros. A prática de uma actividade física regular interfere, positivamente, no controlo destes factores, diminuindo os riscos dos acidentes vasculares cerebrais. Neste sentido a Câmara Municipal de Viseu pretende continuar a criar oferta desportiva para toda a população, incentivando os viseenses a adoptarem estilos de vida mais activos, aumentando as taxas de participação desportiva no concelho. Neste sentido, e a par do Conhecer Viseu em Bicicleta, surge o projecto Manhãs Desportivas, que se realiza no Parque Aquilino Ribeiro, também conhecido por Parque da Cidade, aos domingos de manhã durante os meses de Maio, Junho e Julho.

Esta edição pretende aumentar a diversidade de actividades, de forma a satisfazer as expectativas de todos os que pretendam ocupar o seu domingo de manhã de uma forma descontraída e saudável.

 

publicado por viseu_futurista às 16:07
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 12 de Maio de 2008

Falta de centros de acolhimento em Viseu

 

Os vários projectos em curso na região de Viseu de combate à violência doméstica dão conta da falta de centros de acolhimento temporário para vítimas, na sua maioria mulheres. Nesta altura a Cáritas Paroquial dispõe de um serviço de acolhimento temporário que permite às vítimas permanecerem pouco mais de uma semana. A diocese de Viseu prepara-se para construir, em Mangualde, a casa de apoio a mães em risco, que poderá acolher casos de violência: outros projectos têm vindo a ser anunciados. Mas por agora a carência é evidente. O projecto COMVIDA lançado pela Cáritas de Viseu em 2006, reconhece que as acções programadas que têm vindo a desenvolver, estão a dar os seus frutos. Mas, a responsável pelo projecto, Ana Gomes, adianta que as vítimas continuam a não denunciar o agressor "com medo das represálias" quando regressam a casa. "Muitas têm medo de entrar no hospital por agressão e, quando se vêm obrigadas a recorrer ao hospital normalmente apontam outra causa", específica. Nos primeiros quatro meses deste ano, a GNR registou 166 casos de violência doméstica por todo o distrito, com 117 vítimas (dado referente aos primeiro trimestre do ano). Viseu (30 casos) foi o concelho com mais casos assinados, seguindo-se Mangualde (26 casos) e Tondela (12 casos). Abril foi o mês com mais situações registadas. Apesar de "assustador" como alguns chamam o cenário da violência domésticas, os responsáveis directos não confirmam o aumento de casos no distrito de Viseu. Preferem antes avançar que está a aumentar o número de denúncias.

 

                                                                                                                            (jornal do centro)

 

publicado por viseu_futurista às 18:12
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 8 de Maio de 2008

Viseu Gourmet vai pôr crianças a cozinhar com chefes conceituados

Um concurso sobre alimentação saudável onde as crianças entre os 6 e os 10 anos vão ter a oportunidade de confeccionar pratos com chefes de cozinha conceituados é uma das novidades do Viseu Gourmet.
A segunda edição vai decorrer entre os dias 22 e 25 deste mês.
A ideia do concurso, que foi ontem explicada durante a apresentação do evento, é a de proporcionar uma maior interactividade com todos os públicos.
Durante três dias, a gastronomia alia-se ao vinho do Dão, dois dos produtos âncoras em termos turísticos da região. Este evento faz uma nova abordagem à gastronomia, de modo a que os visitantes consigam uma aproximação maior e mais descontraída aos chefes de cozinha e aos enólogos presentes.
Nesta segunda edição, o evento terá ainda outras novidades com destaque para o "Restaurante Show", um "mercado de produtos biológicos" e um torneio de golfe, no qual é esperada a presença de diversas personalidades, tendo em conta o estágio da selecção nacional em Viseu.
  
 
 

 

publicado por viseu_futurista às 10:46
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 7 de Maio de 2008

Gás natural é mais caro

Viseu é dos concelhos do país que está a pagar mais caro o gás natural. Há mesmo quem diga que estamos a pagar o ‘preço’ da interioridade, quando deveria ser ao contrário, pagando, pelo menos, o mesmo que os outros. É certo que nas zonas do interior do país, como é o caso do concelho de Viseu, os consumidores de gás natural estão a desembolsar mais dinheiro pelo mesmo produto. O gás consumido em Viseu é bastante mais caro do que as zonas do litoral, casos de Lisboa, Setúbal e Algarve, por exemplo, onde, o rendimento 'per capita' é mais elevado. Deveriam pagar todos o mesmo, uniformizando os preços. Encontra-se em curso um estudo sobre os preços praticados no país, por considerar que de uma forma geral, as fornecedoras de gás natural chegam ao interior com os preços mais elevados. Um dos argumentos em sua defesa é a distância da fonte de gás natural. Ora, ‘nós achamos que não pode ser assim. Vamos tentar que, por sermos cidadãos do interior, não tenhamos de pagar o gás mais caro.
tags:
publicado por viseu_futurista às 16:39
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 6 de Maio de 2008

Minus 5 no Palácio do Gelo!

A cidade de Viseu passa a dispor de um bar onde tudo é feito de gelo e os clientes podem conviver à refrescante temperatura de cinco graus negativos.
No bar "Minus 5º Ice Lounge", um conceito que nasceu na Nova Zelândia, tudo é feito de gelo: dos bancos às paredes, passando pelos copos onde são servidas as bebidas, até às esculturas.
Foi utilizado "gelo dos glaciares canadianos para produzir uma decoração fantástica e conseguir um ambiente único e surpreendente", explica José Arimateia, responsável pelas Relações Públicas do Grupo Visabeira, proprietário do Palácio do Gelo Shopping, onde se situa o bar.
Para viver esta experiência e apreciar as bebidas com ou sem álcool, é disponibilizada roupa adequada para o frio, nomeadamente casacos e luvas.
"Este espaço original está pensado tanto para o convívio com amigos, como com a família, assim como para eventos de empresas", refere, acrescentando que o bar poderá também ser palco de desfiles de moda e lançamento de novas marcas.

publicado por viseu_futurista às 18:12
link do post | comentar | favorito
Sábado, 3 de Maio de 2008

Escola Móvel de Trânsito

O Governo Civil de Viseu criou uma Escola Móvel de Trânsito, para circular pelas escolas do distrito de Viseu. De acordo com o Governador Civil, Acácio Pinto, o projecto visa sensibilizar a população escolar e a comunidade no sentido de "combater a sinistralidade", diminuindo o número de acidentes nas estradas da região. A estrutura, de 14 por 27 metros, inaugurada no polivalente da Escola Básica do 2º e 3º Ciclos Infante D. Henrique em Repeses, permite às crianças imaginarem uma cidade com rotundas, ruas e avenidas devidamente sinalizadas, onde elas, de bicicleta ou a pé, apoiadas por agentes da PSP ou da GNR, são "obrigadas" a cumprir as regras de trânsito. "Desta escola podemos chegar a outras escolas, a outros alunos e através deles, à família, combatendo a sinistralidade", reforça Acácio Pinto, lembrando que "se tentou aproximar a pista da situação real". Almeida Campos acredita, no entanto, que as crianças vão ter um papel muito importante na "diminuição" do incumprimento das regras na estrada, face à sensibilidade demonstrada nas acções que têm vindo a ser realizadas pelas forças de segurança e outros organismos.

publicado por viseu_futurista às 13:23
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Abril de 2008

24ª Semana Académica

publicado por viseu_futurista às 12:15
link do post | comentar | favorito

A área de intervenção do nosso projecto



Pretendemos a longo prazo o corte do tansporte indívidual na área assinalada de  modo a descongestionar a cidade e a diminuir os níveis de poluição sonora e ambiental dentro desta. Para isso criamos alternativas tais como o mini-autocarro e o uso da bicicleta, que se poderá alugar nos locais defenidos a preto.

Para que as pessoas deixem os seus carros perto da cidade propomos alguns estacionamentos tais como: Av. Capitão Silva Pereira, Santa Cristina ( túnel), Rua do Hospital, Mercado 25 de Agosto, Av. da Europa, Recinto da Feira de S. Mateus, Av. Cidade Salamanca, Feira Semanal, Outros
.
publicado por viseu_futurista às 11:21
link do post | comentar | favorito

Centro Histórico reabilitado em nove anos

O centro histórico de Viseu vai sofrer uma intervenção profunda nos próximos nove anos, orçada em 114 milhões. Trata-se de uma área da cidade com cerca de 132 983 metros quadrados em redor do núcleo constituído pela Sé, Igreja da Misericórdia, Museu Grão Vasco e respectivas artérias. Os projectos a desenvolver irão ser distribuidos  em quatro sectores estruturais: reabilitação, novos núcleos habitacionais, comércio e serviços. As intervenções vão acontecer no âmbito de um estudo de enquadramento estratégico para a revitalização do centro histórico.

Neste centro vivem e trabalham cerca de 6000 pessoas e dentro de nove anos pretende-se que nela vivem e trabalhem muito mais.

 

publicado por viseu_futurista às 11:11
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Abril de 2008

Hospital e Selecção definem plano de assistência

Os responsáveis do Hospital de S.Teotónio de Viseu e do departamento médico da Selecção Nacional de Futebol encontraram-se com o objectivo de definirem um plano de assistência que irá vigorar entre os dias 18 e 31 de Maio. Os clínicos Nuno Campos e Henrique Jones, que regularmente acompanham os jogadores da equipa das quinas, estiveram em Viseu para verificarem as condições oferecidas pela unidade de saúde viseense e mostraram-se surpreendidos com as condições por esta cedidas. De acordo com Nuno Campos, o plano acordado prevê que, durante o estágio da Selecção em Viseu, a realizar na última quinzena de Maio, os atletas possam ser observados naquela unidade. "Existem meios no Hospital de São Teotónio para serem realizados todos os exames requeridos pela UEFA, caso se verifique ser essencial efectuá-los a um ou outro atleta".
publicado por viseu_futurista às 10:56
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 16 de Abril de 2008

Entraves a uma boa mobilidade

Como a nossa cidade tem um centro urbano com características antigas, existem nela demasiados obstáculos físicos à livre circulação de pessoas sem autonomia individual, dado o seu traçado irregular, as suas ruas estreitas e desniveladas, com passeios estreitos e edifícios públicos de difícil acesso.

A utilização das cabines telefónicas, das caixas Multibanco, dos transportes públicos e dos edifícios em geral, é na maior parte das vezes muito difícil ou mesmo impossível para as pessoas com deficiência motora.

Para isso torna-se necessário a criação e promoção de medidas tendentes a corrigir a actual situação, desenvolvendo um programa progressivo de eliminação de barreiras, designadamente urbanísticas e arquitectónicas, que permita às pessoas com mobilidade reduzida o acesso a todos os sistemas e serviços da comunidade citadina.

 

publicado por viseu_futurista às 15:06
link do post | comentar | favorito

Resultados do questionário realizado a pessoas com deficiência motora

 

No âmbito do tema sobre a mobilidade, realizámos uma entrevista a dois estudantes da nossa escola com vista saber a sua opinião sobre este assunto bem como dá-la a conhecer a outras pessoas.

 

 

 1.    Como estão as condições de mobilidade na cidade de Viseu?

No que diz respeito às vias da cidade (passeios) as condições são más, não existindo condições para chegar ao objectivo previsto. Em relação ao acesso a edifícios públicos (lojas, escolas, correios, etc.), as condições também são más, considerando como exemplo o da nossa escola em que não é possível aceder às salas do 1º Piso.

2.    No dia-a-dia quais as dificuldades que encontra no percurso pela cidade?

As dificuldades encontradas no percurso pela cidade são a existência de passeios altos bem como a falta de rampas em alguns sítios para aceder a esses passeios. Existem ainda árvores que impedem a passagem das pessoas que têm deficiência motora e como consequência têm que se mover pela estrada.

3.    Quais são as alterações que gostava de ver realizadas para que fosse possível aceder a certos locais da nossa cidade?

As condições mínimas para essas pessoas seriam as rampas. (Na perspectiva do grupo o corte de trânsito no centro da cidade ia-se adequar às necessidades destes cidadãos, uma vez que circulariam livremente nessas zonas e sem qualquer perigo.)

4.    Acha que as instituições oferecem boas condições de mobilidade a quem as frequenta?

O problema não se encontra nas instituições, pois estas oferecem boas condições a quem as frequenta. Mas para que uma pessoa com dificuldades motoras chegue às instituições tem que atravessar demasiados obstáculos, tais como:

- A falta de informação por parte da assistência médica que não informa os cidadãos sobre os seus direitos;

 - Os custos para os pais, pois as consultas que estas pessoas tem de fazer são frequentes e os seus custos são elevados.

5.    Na sua perspectiva qual a cidade que tem melhores condições para pessoas com deficiência motora?

Em Portugal não conheço nenhuma cidade “ideal” neste aspecto. Fora de Portugal considero que a França, a Finlândia e o Luxemburgo são cidades que oferecem melhores condições para operações e onde são dados mais incentivos que no nosso país.

 

publicado por viseu_futurista às 14:58
link do post | comentar | favorito
Sábado, 12 de Abril de 2008

A abertura do Palácio do Gelo

A abertuda do Palácio do gelo em Viseu, em 1996 pelas mãos do Grupo Visabeira deu à cidade e à região um conceito totalmente inovador naquela época. O empreendimento concentrava no mesmo espaço, centro comercial, lazer e desporto. Foi ali que se realizam eventos de dimensão internacional como os primeiros campeonatos de patinagem no gelo e o nascimento da Selecção Nacional de Hóquei no Gelo.

Passados 12 anos, a estrutura, agora Palácio do Gelo Shopping, prepara-se para reabrir as portas dia 15, com o mesmo conceito mas objecto de uma profunda ampliação e modernização das instalações, renascendo como o maior pólo de comércio e lazer de Viseu.

O novo Palácio do Gelo representa um investimento global superior a 90 milhões de euros, realizado na totalidade pelo Grupo Visabeira e a criação de mais de 3.200 postos de trabalho.

Na cultura e lazer, os frequentadores poderão desfrutar de nove mil metros quadrados de terraços panorâmicos, piscinas (uma delas olímpica, ver caixa ao lado), ginásios, squash e Spa. Na área do entretenimento, o novo Palácio do Gelo dispõe de seis salas de cinema, uma pista de gelo, rede wifi em todo o centro e espaço de entretenimento infantil.

 

(In Jornal do Centro 11 de Abril)

publicado por viseu_futurista às 16:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 3 de Abril de 2008

Viseu...cidade das rotundas

Viseu (dizem) é a terra das rotundas. Soma actualmente um magnífico número: 42. O vice-presidente da Câmara Municipal de Viseu e vereador do pelouro do trânsito explica tudo: "primeiro opta-se pelos cruzamentos; quando estes não respondem passa-se para as rotundas; quando estas começam a não dar fluidez semaforizam-se; e, quando também já isto não responde, opta-se pela construção de soluções viárias alternativas, como túneis e pontes. É assim em toda a Europa!"

Mas não julguem que isto é fácil. Fazer rotundas tem que se lhe diga... e que o diga o professor Álvaro Seco do departamento de Engenharia Civil da FCTUC (cuja especialidade é precisamente... rotundas!), coordenador de um estudo de trânsito para Viseu.

Ainda querem mais? Pois fiquem sabendo que o grande prémio vai direitinho para S. João da Madeira com cerca de 120!

 

 

 

publicado por viseu_futurista às 10:47
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 27 de Março de 2008

A necessidade de tornar Viseu sustentável

As cidades modernas, tal como Viseu, têm hoje um enorme impacto sobre o seu ambiente, mas poderiam ainda prosperar se decidissem reduzir drasticamente o seu consumo de recursos e de energia, por exemplo. A reciclagem de resíduos pode, ao mesmo tempo que reduz a utilização de recursos, criar novos empregos; novos materiais e desenhos arquitectónicos podem melhorar grandemente o desempenho ambiental dos edifícios urbanos. As cidades podem também adoptar novas abordagens ao planeamento e gestão dos transportes e à utilização do espaço urbano, reduzindo assim o desejo das pessoas de escapar às pressões da vida urbana.

Transporte e mobilidade destacam-se em muitas agendas, visto que países e regiões em todo o mundo procuram aumentar a mobilidade e diminuir o impacto do transporte. Todos acreditamos que ambas as metas são factíveis. Iremos trabalhar no sentido de tornar Viseu uma cidade do futuro, tendo não só em conta as necessidades do presente, como também a preservação da cidade para as gerações vindouras.

publicado por viseu_futurista às 12:35
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 26 de Março de 2008

Avaliação do 2º Período

Viseu Futurista

2º P

Ana Filipa Rodrigues

15

Carla Martins

16

David Mões Morgado

17

Frederico Lopes

17

Pedro Noutel Pereira

14

 

Aqui deixamos a avaliação relativa à disciplina de Área de Projecto. 

publicado por viseu_futurista às 12:29
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 13 de Março de 2008

Viseu no melhor e no pior

Viseu é dos distritos com maior número de falências em 2007, segundo um estudo do Instituto Informador Comercial que fala sobre falências, insolvências e recuperação de empresas no ano passado.

Esse documento revela que em 2007 declararam falência 65 empresas e representam 0,62% do número total de firmas. À frente de Viseu encontram-se o Porto com 608 falências, Lisboa com 358, Braga com 288 e Aveiro com 193 empresas. No entanto, o número de falências diminuiu em 5 distritos, entre 2006 e 2007. São eles Vila Real, Guarda, Évora, Faro e Açores. Este último embora tenha diminuído ainda regista um número de falências bastante elevado (288).

Os sectores de actividade mais afectados foram o comércio por grosso, a construção civil e o comércio a retalho. Há uma preocupação acrescida no concelho de Viseu face á abertura de um segundo centro comercial na cidade (Palácio do Gelo). Está-se a provocar o efeito eucalipto, ou seja, vai secando tudo à volta das grandes superfícies, que não deixam espaço para que as pequenas empresas sobrevivam.

publicado por viseu_futurista às 10:50
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2008

A mobilidade

 Devido à longa existência da cidade de Viseu e a um grande aumento da população, esta não tem respondido eficazmente às necessidades dos seus habitantes, como a falta de estacionamentos, passeios, e existência de ruas estreitas para movimentação de veículos, o que condiciona a mobilidade da população nessas zonas.
   Dado isto, os condutores acabam por estacionar os seus automóveis em locais não apropriados, como os passeios, o que dificulta a deslocação das pessoas, particularmente daquelas que apresentam dificuldades físicas ou de mães com carros de bebés.
   Neste sentido a Câmara municipal de Viseu tem tentado criar espaços alternativos para estacionamento, como o “Parque subterrâneo da Santa Cristina”. No entanto, devido aos elevados custos de implementação muitos outros projectos acabam por nunca se realizar.
Verificámos que a maioria das pessoas que responderam ao inquérito utilizam os transportes públicos. Este facto deve-se à maioria dos inquiridos pertencerem à faixa etária dos jovens e dos idosos, mas também devido às dificuldades de circulação automóvel dentro da cidade. No entanto os transportes públicos ainda não funcionam de forma eficaz. São vários os factores apresentados, tais como: horários desadequados, material circulante deficiente, e a existência de uma deficiente cobertura territorial.
Uma das principais fragilidades que a nossa cidade apresenta a nível de circulação é a inexistência do transporte ferroviário. As pessoas questionadas acham urgente a existência deste modo de transporte para que a cidade possa evoluir e aumentar as relações com outras cidades.
 
publicado por viseu_futurista às 11:20
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2008

Inquérito

Este inquérito foi realizado a 100 pessoas residentes em Viseu, com idades compreendidas entre os 16 e os 78 anos. Surgiu com o objectivo de interagir junto da população viseense, procurando assim perceber de uma forma geral a situação em que se encontra a nossa cidade. Com os dados à nossa disposição procedemos à realização das respectivas reflexões.

 

 

 

Podemos concluir que, de acordo com os inquiridos, Viseu tem evoluído nos últimos 10 anos.

 

 

 

 

Da análise destes resultados constatamos que 85 das 100 pessoas inquiridas gostam de viver em Viseu. As restantes apresentaram as seguintes razões para não gostarem:

- é uma cidade demasiado calma;

- pequena e pobre;

- fraco ambiente social;

- há muita poluição sonora.

publicado por viseu_futurista às 12:36
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2008

Viseu- Uma boa aposta nas energias renováveis

Uma das vertentes do nosso trabalho é o desenvolvimento sustentável. Para atingirmos este desenvolvimento é necessário apostar nas energias renováveis "As energias renováveis são aquelas que estão em constante renovação, que não se esgotam, e que por isso, podem ser continuamente utilizadas. Estas fontes são por exemplo o Sol, o Vento, as ondas do Mar, o calor da Terra, as Plantas, etc. Estas constituem as fontes mais limpas de energia".

O nosso país recebe bastante insolação, tem uma costa bastante grande e tem muitas montanhas, o que é vantajoso para investirmos em energia solar, energia das ondas e energia eólica. No entanto, elas ainda não estão a ser convenientemente aproveitadas, e embora o nosso país possua um enorme potencial em energias renováveis, continua a importar combustíveis fósseis em grandes quantidades.

Comparando com o resto da Europa o nosso país é dos que tem maiores incidências de Sol, mas a energia solar ainda está pouco divulgada, tais como as vantagens que ela traz para o desenvolvimento sustentável. Se utilizássemos o semelhante ao usado na Alemanha ou na Grécia em painéis solares, poderíamos poupar cerca de 5% em importações de combustíveis fósseis.

No nosso país a produção de electricidade a partir  das energias renováveis centra-se no Norte do País. São os distritos de Bragança, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu os que têm maior potência instalada.

Cabe-nos pois decidir, o que cada  um de nós, como cidadãos que somos, pode e deve fazer no seu ambiente local, para entrar nessa onda global solidária com o Homem e com A Natureza. As energias renováveis são no mundo de hoje incontornáveis.

publicado por viseu_futurista às 15:11
link do post | comentar | favorito
Sábado, 16 de Fevereiro de 2008

CCC on the road

publicado por viseu_futurista às 19:35
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 14 de Fevereiro de 2008

O nosso tema

Após uma reunião de grupo, muita discussão e troca de ideias, chegámos finalmente ao tema principal em que vamos basear o nosso trabalho.
Assim, através de votação entre os vários temas dados, o contemplado foi:
  
 - Mobilidade e desenvolvimento sustentável: através de ideias inovadoras e promotoras de uma vida saudável, pretendemos relacionar a qualidade de vida e o bem estar da população à sua mobilidade, garantindo o reforço da coesão social, territorial e ambiental.
publicado por viseu_futurista às 12:36
link do post | comentar | favorito

Feliz Dia dos Namorados!

 

Amor é um fogo que arde sem se ver,
é ferida que dói, e não se sente;
é um contentamento descontente,
é dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
é um andar solitário entre a gente;
é nunca contentar se de contente;
é um cuidar que ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade;
é servir a quem vence, o vencedor;
é ter com quem nos mata, lealdade.

Mas como causar pode seu favor
nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si é o mesmo Amor?

Luis de Camões

 

A equipa viseu futurista deseja um feliz dia  dos namorados para todos.

publicado por viseu_futurista às 12:18
link do post | comentar | favorito

.Inquérito

Qual, na sua opiniao, o meio de transporte que facilita uma crescente mobilidade sustentavel em Viseu?
Transporte Individual
Autocarros
Mini-autocarros electricos
Bicicleta
Segway
  
pollcode.com free polls

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

.links

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
31
blogs SAPO

.subscrever feeds